Os professores da rede municipal de ensino de Novo Gama estão em estado de greve desde quarta-feira (08/09). A principal reivindicação da categoria é a permanência da jornada ampliada.

Na Assembleia Geral Ordinária, marcada para esta sexta (10), os professores irão decidir se permanecerão em greve. De acordo com o Sinpro-NG, a Prefeitura Municipal de Novo Gama descumpriu acordo relacionado ao pagamento de gratificações por aperfeiçoamento e merecimento.

Em informativo divulgado pela prefeitura, a mesma alega que a jornada ampliada será mantida para os alunos e que haverá uma readequação na carga horária dos professores. A medida pode causar a demissão de professores temporários.

Governo Municipal divulgou que uma auditoria autônoma identificou diversas irregularidades na folha de pagamento. Ainda de acordo com a prefeitura, o salário de julho será pago neste dia 10.