Um grupo de cidadãos, voluntários e treinados, se reuniram nesta quarta-feira (10) para fazer uma Auditoria Cívica na Educação de Novo Gama. O trabalho é feito em parceria com a promotoria do Ministério Público de Goiás. Servidores, pais e alunos são entrevistados para se saber o grau de satisfação do serviço prestado pelo governo municipal.

Voluntários participam de Auditoria Cívica da Educação.

Voluntários participam de Auditoria Cívica da Educação.

Na Escola Municipal Delfino Meireles, no Lago Azul, a auditoria encontrou falta de acessibilidade para pessoas com dificuldade em locomoção, falta de manutenção e irregularidades na estrutura física, principalmente no quintal da escola. Onde, foram encontrados dois “poços” destampados e esgoto escorrendo à céu aberto.

O objetivo da auditoria é encontrar irregularidades e encaminhar aos responsáveis para que sejam solucionados os problemas.

Galeria de fotos